intercambio

10 dicas para se dar bem no intercâmbio

24/9/2015

Vai viajar? Então não deixe de checar todas as nossas dicas, elas vão te ajudar muito durante o tempo que for passar no exterior.

 

1 – Solte o verbo!

Sabe aquela história que as nossas mães nos ensinam de nunca falar com estranhos? Esqueça! A dica é: comunique-se com todo mundo, pergunte sobre o lugar, puxe conversa no ônibus, no museu, no supermercado. Não tenha vergonha de falar errado. O importante é treinar o idioma.

 

2 – Fuja dos brasucas

É lógico que seria muito mais confortável e divertido fazer amigos brasileiros, mas a proposta é se virar para conversar em outras línguas e se fazer de entendido. Faça amigos locais e até de outros países. Isso será muito importante para um aprendizado multicultural e para praticar o segundo idioma de uma forma mais informal, como eles estão acostumados a falar no dia a dia.

 

3 – Interaja com a família

Se você ficar em casa de família, não se esconda! Nada de ter vergonha nem se trancar no quarto. Os anfitriões estão acostumados a receber estrangeiros e têm muito a ensinar. Eles sempre estão dispostos a corrigir nossas falhas de comunicação e podem dar dicas valiosas de lugares para conhecer.

 

4 – Explore ao máximo

Como você nunca sabe se vai poder voltar um dia, aproveite a viagem para conhecer ao máximo o que os locais têm de melhor.

 

5 – Saia sem rumo

Se sobrar um tempinho, depois de conhecer os lugares que planejou, saia sem rumo pela cidade. Mas lembre-se: um mapa na mão é importante para saber voltar pra casa.

 

6 – Não se engane com o sol

Em países onde o frio é intenso, não se engane quando acordar e se deparar com um lindo dia de sol. Nunca deixe o casaco em casa, pois o frio pode ter amenizado, mas sol nem sempre significa calor!

 

7 – Compre roupas quentes por lá

Se você vai viajar para um lugar de muito frio e precisa comprar roupas adequadas, não ocupe lugar na sua bagagem. Deixe para comprar casacos pesados e botas ideais por lá. Além de mais baratos, eles são mais adequados, já que no Brasil nem todas as lojas vendem roupas ideais para invernos rigorosos.

 

8 – Leitura e TV são importantes!

Para enriquecer ainda mais o seu vocabulário, ficar mais próximo da linguagem informal e conhecer o modo de vida de onde você estiver, compre revistas e jornais locais, entre em sites nacionais e assista a programas de televisão. Rádio e TV ajudam a compreender melhor o jeito de falar e diminuir o sotaque.

 

9 – Tá na chuva é pra se molhar!

Mesmo em dias chuvosos e friorentos, vale a pena munir-se de um bom guarda-chuva, capa e roupas quentes e sair para a rua. Nada de perder um dia de viagem embaixo das cobertas e com preguiça! Claro que isso também depende do local onde você estiver. Antes de sair, informe-se sobre a segurança de andar pelas ruas em dias assim (tornados e outros fenômenos naturais são comuns em alguns países, mas a população sabe alertar sobre os perigos).

 

10 – Respeite seus limites (e dos outros)

Se for viajar para países com fusos horários diferentes, é importante calcular um tempo ideal para se adaptar. Chegar cansado de viagem e querer sair correndo para aproveitar ao máximo pode ser uma roubada. Você estará exausto e não conseguirá curtir 100%. Por isso, reserve o primeiro dia para descansar e se ambientar. Os próximos dias serão bem mais proveitosos. Além disso, fique atento, pois muitos países possuem regras e leis diferentes das nossas. Procure respeitá-las, sempre!

 

 

 

Fonte: CI