banner

7 atividades para quem quer (ou precisa) ser mais criativo

10/11/2015

O seu trabalho exige de você criatividade? E mesmo que não exija, essa é uma habilidade que você gostaria de desenvolver? Ser criativo é ser capaz de desenvolver conexões incomuns. A inspiração para conseguir estabelecer essas conexões criativas pode vir do universo infantil. Essas afirmações são do publicitário Tadeu Brettas, da Ynner Treinamentos. Segundo ele, muitos dos treinamentos que oferece tem como objetivo resgatar a criança interior por meio do universo lúdico.

 

A ideia é nos afastar momentaneamente do ambiente corporativo ao apresentar atividades divertidas e relaxantes para destravar a criatividade e estimular a capacidade de resolução de problemas. Vamos lá conhecer algumas atividades que têm esse poder de estímulo?

 

 

1- Brincar

A gente sabe como no dia a dia de trabalho é difícil encontrar tempo para fazer brincadeiras, contar piadas e dar umas boas risadas. Na empresa em que você trabalha, existem as chamadas salas de descompressão? Se sim, lá é o melhor lugar para isso. Se não, dá para usar o espaço do café também! Por mais que a sua agenda esteja lotada, separe alguns minutinhos para a descontração com os colegas de trabalho.

 

2- Desenhar (ou qualquer atividade artística)
Ao desenhar, as partes do cérebro relacionadas ao processo criativo são estimuladas. Mas não é só o desenho que tem esse poder. Atividades artísticas, em geral, podem fazer isso.

 

3 – Correr riscos
Teve uma ideia? Manda ver! Solte-a da forma mais autêntica possível e sem receio. Mas atenção! Ao dividi-la com um grupo de pessoas, tenha cuidado ao se expressar para não transformá-la em uma imposição.

 

4 – Pensar besteiras (também)
Para ter uma boa ideia é necessário ter várias ideias, certo? As invenções revolucionárias nascem da espontaneidade!

 

5 – Questione!
Que tal acrescentar mais questionamentos ao dia a dia? Os pontos de interrogação são “temperos” interessantes para o cotidiano. A criatividade nasce de perguntas!

 

6 – Encontrar um ponto de fuga
Também é superimportante pra gente separar um tempinho para sair da rotina. Uma viagem no fim de semana, um passeio no fim da tarde, um almoço bacana entre outros. Enfim, cada um sabe o que é melhor dentro de suas possibilidades e limitações.

 

7 – Reunir achados criativos
Viu uma frase engraçada? Anote. Presenciou uma cena inusitada? Registre. Ouviu uma música diferente? Grave o nome. Com isso, você poderá criar uma caixa de preciosidades.

Que tal colocar essas dicas em prática agora mesmo? Depois, conta pra gente qual foi o resultado!

 

 

Fonte: Exame