enem 2017 mudanças

ENEM 2017: resumo das mudanças

10/3/2017

O Ministério da Educação (MEC) realizou uma consulta pública com cerca de 700 mil pessoas no período de 18 de janeiro a 17 de fevereiro deste ano. Como resultado dos pitacos da galera, o Ministro da Educação, Mendonça Filho, anunciou várias mudanças no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Separamos as principais para você ficar ligado.

Aumento na taxa de inscrição
O valor passará de R$ 68,00 para R$82,00.

Prova em dois domingos
As provas serão nos dias 05 e 12 de novembro.

Redação no primeiro dia de prova
No primeiro dia, o candidato terá 5h30 para fazer a redação e responder as provas de Linguagens e Ciências Humanas. No segundo, 4h30 para responder as provas de Matemática e Ciências da Natureza.

O ENEM não certifica mais o ensino médio
A partir de agora, a certificação será feita pelo Exame Nacional de Certificação de Jovens e Adultos (Encceja)

Cadernos de prova e cartões de resposta serão personalizados
Continuam quatro cadernos diferentes, identificados por cores, mas agora terão na capa o nome e número de inscrição do candidato.

Mais isentos na taxa de inscrição
Os estudantes que pertencem ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) também serão isentos. Para isso, o candidato deverá informar na inscrição o Número de Identificação Social (NIS).

Criamos um calendário para você não perder nenhuma data importante do Enem 2017.

Leia também: