Post-Ads-01

Leoninos X Mercado de trabalho

21/7/2017

Se você também é louco por signos vem que a gente te conta como é um geminiano no mercado de trabalho e quais profissões podem se encaixar nesse perfil.

Leão: 22/07 até 22/08.

Principais características: liderança e foco.

Perfil do leonino

São pessoas que sabem o que querem e quando querem. O leonino é centrado no ego, dinâmico, competitivo, otimista, carismático, criativo, e autossuficiente. Gostam de altos padrões, cargos de chefia e estão sempre em busca de atividades que lhes deem prestígio. Não tem medo de trabalhar, mas detestam falhar. São excelentes guias, tem paciência para ensinar e trabalhar em equipe, desde que ele seja o líder, mas se entrar em guerra aberta com ele, prepare-se, pois, um leonino nunca sai derrotado!

Melhores profissões

Advogado, ator, profissional de comércio exterior, diretor de teatro /cinema, empresário, publicitário, apresentador, CEO, piloto, político, professor universitário e relações públicas.

Empregado leonino 

Sua melhor atividade é como autônomo, mas se esforçam para estabelecer uma boa relação com o chefe. Não tem medo de trabalhar e colocam a mão na massa, para eles missão dada é missão cumprida. Por não gostarem de submissão estão sempre a procura de uma promoção.

Chefe leonino

Líder de natureza, o chefe desse signo é extremamente responsável e motivador. Ele irá mostrar como se trabalha e exigirá muita dedicação e comprometimento de sua equipe, afinal eles são sempre os primeiros a chegar e os últimos a sair da empresa.

Colega leonino

Sempre bem-humorado é um ótimo companheiro e sempre irá ajuda e motivar quem estiver a sua volta, porém espera reconhecimento por sua generosidade.

Se você é do signo de leão, o chefe ideal é: sagitário, aquário e gêmeos.

O chefe de leão funciona melhor com funcionários: libra, gêmeos e sagitário.

Dica do João Bidu: não haja com tanta autoridade.

Já viu o boletim de um leonino? (rs)

Post-Perfil-01
AVISO: esse post tem caráter curioso e divertido, sem nenhuma intenção de  impor crenças sobre o tema.